Economia Sergipana: O Setor Industrial em Sergipe

Marcelo Geovane da Cruz

Economista, da área de estudos e pesquisas da Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão, Especialista em Gestão Estratégica para Desenvolvimento local. Atualmente coordena a Diretoria de Pesquisas, Estudos e Análises no Observatório de Sergipe.

 

CONTEXTUALIZAÇÃO

O IBGE em parceria com a SEPLAG/SE, através do projeto das Contas Regionais, calcula anualmente o PIB – Produto Interno Bruto do Estado, por setor da economia, acompanhando e mensurando a evolução das principais atividades produtivas em Sergipe. A participação de cada setor na composição do PIB é obtida através do cálculo do valor adicionado bruto para  Indústria, Agropecuária e Serviços, assim como para as atividades componentes.

De acordo com os resultados definitivos, em 2009 a economia sergipana apresentou um crescimento no PIB de 4,4%, se comparado ao ano anterior, registrando a 4ª maior taxa do país para o período. Um dos grandes responsáveis por esse desempenho econômico foi o setor industrial que registrou uma variação em volume de 6,0% em relação a 2008.

Ao longo dos últimos anos, série 2002/2008, a indústria vem apresentando uma participação média de 32,0% na economia local, porém em 2009, impulsionada por mudanças conjunturais no cenário internacional e nacional a participação do setor chegou ao menor patamar desde 2002, 27,9% conforme apontado acima.

Mesmo perdendo participação na composição do PIB em 2009, a indústria sergipana registrou a 7ª maior taxa de crescimento do país. Foi o setor que mais se desenvolveu na economia local, impulsionado principalmente por duas atividades: a indústria de transformação que cresceu 9,6% e a produção de eletricidade, gás, água, esgoto e serviços de limpeza que cresceram surpreendentes 20,3%.

ESTRUTURA DO SETOR EM SERGIPE

O setor industrial tem uma participação importante dentro do conjunto de atividades econômicas desenvolvidas no Estado. O relatório mais recente produzido pela Superintendência de Estudos e Pesquisas/Observatório de Sergipe em parceria com o IBGE aponta que atualmente o setor responde por 27,9% de tudo que é produzido anualmente no território sergipano.

Dentre as atividades classificadas como industrial, de acordo com a CNAE – Classificação Nacional de Atividades Econômicas, em Sergipe os destaques são: A Indústria de transformação, Indústria extrativa, Construção civil e Podução e distribuição de eletricidade, gás, água, esgoto e limpeza urbana.

INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO

A indústria de transformação que é a atividade mais importante dentro do setor gera um total de R$ 1,5 bilhão por ano e participa com 8,6% do valor adicionado bruto estadual. A atividade é também a que mais emprega dentro do setor industrial com um estoque de empregos de 41.477 pessoas, representa 51,3% de todo mão de obra formal do setor(MTE, 2010). Segundo dados do CAGED, a indústria de transformação é uma das atividades que mais tem gerado empregos, só em 2010 foram 4.600 novos postos criados, ficando atrás apenas da construção civil. Dentre os segmentos de maior representatividade no parque fabril do Estado, destacam-se: “artefatos de couro e calçados” e “alimentos e bebidas” que apresentaram melhores índices de crescimento 5,3% e 1,6% respectivamente.

A implantação de novas usinas de produção de álcool no final de 2008 também contribuiu bastante para o crescimento da indústria de transformação em 2009. Muitas atividades não apresentaram crescimento, algumas até registraram queda na sua produção como a “têxtil” (-12,6%) e a de “minerais não metálicos” que caiu (-6,6%). Porém, outras atividades de menor representatividade obtiveram crescimento significativo como a atividade de “máquinas para escritório e equipamentos de informática” (82,4%), “produtos de metal exclusive máquinas e equipamentos” (1.582,5%).

INDÚSTRIA EXTRATIVA

A atividade extrativa gera ao Estado uma riqueza estimada em R$ 923,0 milhões por ano e participa com 5,2% de tudo que é produzido em Sergipe. A atividade foi a grande responsável pela redução no crescimento da indústria sergipana em 2009, visto que apresentou queda de 4,0% em relação a 2008. A retração no preço do petróleo no mercado internacional e a queda no quantitativo extraído em razão dos problemas apresentados pelo campo de Piranema, não permitiram que a extração do petróleo e gás natural superasse os resultados de 2008, comprometendo a expectativa de um maior desempenho do setor industrial.

Outro importante segmento para economia local, ligado ao setor industrial é a produção de fertilizantes, importante insumo para agricultura. As reservas de sais de potássio são encontradas em Sergipe e Amazonas, porém a exploração desse recurso pela CVRD – Companhia do Vale do Rio doce acontece apenas no Estado. No intuito de ajustar estoques, devido à retração internacional na demanda pelo cloreto de potássio, a mina Taquari Vassouras paralisou suas atividades no final de 2008 retomando no primeiro trimestre de 2009 com níveis de produção elevados, o que resultou em um crescimento de 6,0% na extração de minerais não metálicos daquele ano.

CONTRUÇÃO CIVIL

Em segundo lugar como atividade mais importante dentro do setor industrial aparece a construção civil, importante gerador de riqueza e de empregos no Estado. Apesar de retrair entre 2009/2008 em (-1,5%) aparece com uma participação de 7,2% do PIB, gerando um total de R$ 1,2 bilhão por ano. O setor apresenta um estoque de empregos de 28.713 trabalhadores formais, representando cerca de 8,0% de todo emprego formal de Sergipe. O setor em 2009 foi o que apresentou o 2º maior saldo de empregos entre todas as atividades, fechando o ano com 3.640 trabalhadores contratados, em 2010 esse saldo chegou a 5.182, um crescimento de 42,32% em relação a 2009.

SIUP – SERVIÇOS DE UTILIDADE PUBLICA

Fechando as atividades relacionadas ao setor industrial aparecem os Serviços industriais de utilidade pública. Os serviços de utilidade publica englobam atividades de geração de eletricidade, concessões para produção de gás, e os serviços de tratamento de água, esgoto e limpeza.  Diferentemente do ano anterior, a atividade registrou um expressivo crescimento de 20,3% em 2009. Melhores condições hidrológicas e maiores níveis de armazenamento permitiram que a usina Xingó produzisse 21,1% a mais que em 2008, contribuindo bastante para o importante desempenho da indústria.

A tabela abaixo apresenta uma serie histórica da evolução das atividades econômicas enquadradas no setor secundário(industrial), apontando a participação de cada segmento na composição do valor adicionado bruto estadual, que somados aos impostos líquidos de subsídios formam o Produto Interno Bruto a preços correntes.

LOCALIZAÇÃO DAS INDÚSTRIAS SERGIPANAS

A indústria sergipana está bastante concentrada nos territórios da Grande Aracaju e Leste sergipano, que juntos respondem por 64,0% de toda produção industrial do Estado. Os municípios de Aracaju, Laranjeiras, Rosário do Catete, Nossa Senhora do Socorro, Carmópolis, Capela, Japaratuba e Itaporanga D’ajuda se destacam no setor, principalmente em atividades ligadas à indústria extrativa e de transformação. Os segmentos ligados à extração de petróleo e gás natural, cloreto de potássio, amônia, ureia  que compõem a indústria extrativa, somados a produção de cimento, alimentos e bebidas, produtos de minerais não-metálicos e artefatos de couros e calçados relacionados à indústria de transformação, tem importância estratégica para os territórios.

Além dos municípios mencionados acima, Canindé do São Francisco, localizado no Alto Sertão, participa com 15,5% de toda produção industrial do Estado, índice motivado pela presença da Usina Hidroelétrica de Xingó. Outro município com uma forte participação na indústria é Estância que responde por cerca de 6,0% do valor adicionado bruto industrial e apresenta uma forte participação no segmento de alimentos e bebidas.

O mapa abaixo ajuda a compreender a dinâmica da distribuição espacial das atividades industriais em Sergipe. As áreas em verdes representam concessões do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) para exploração. Os símbolos amarelos mostram a localização de todas as unidades industriais do Estado e os azuis representam onde se encontram os recursos minerais industriais e energéticos.

Sergipe: Distribuição Geográfica da Indústrias, Recursos Minerais e Áreas de Concessão para Exploração (DNPM).

CONCLUSÃO

Esse artigo teve como base as informações do Projeto das Contas Regionais e Municipais, do Atlas digital sobre recursos hídricos de Sergipe-SEMARH/SRH, Recursos Minerais e cadastro industrial – CODISE 2010, Ministério do Trabalho e Emprego e DNPM – Departamento Nacional de Produção Mineral.

O estudo focou especificamente na caracterização atualizada do setor industrial em Sergipe, utilizando fontes de informações disponíveis que possibilitam a mensuração da  importância do setor industrial para promoção do desenvolvimento socioeconômico Estado, tanto no aspecto de geração da riqueza como na oferta e geração de emprego e renda para população sergipana.

Outro importante aspecto analisado foi à concentração espacial das atividades industriais e das fontes de recursos. Apesar das indústrias ainda se encontrarem mais distribuídas na faixa próxima ao litoral, influenciada pela grande presença de recursos naturais e pela própria dinâmica populacional, foi possível identificar uma tímida desconcentração de algumas atividades produtivas, comprovada pelo aumento da participação dos territórios mais interioranos na composição da riqueza industrial do Estado.

Esse estudo tem por finalidade fornecer informações técnicas aos gestores, comunidade acadêmica e sociedade em geral para auxiliar nas reflexões a cerca desse estratégico setor para o desenvolvimento social e ecônomico do Estado, assim como para o alcançe da grande meta mobilizadora do Governo do Estado: A erradicação de extrema pobreza em Sergipe.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s